VEJA OS FEITOS DOS PRIMEIROS 100 DIAS DO GOVERNO BOLSONARO

Presidente do Brasil Jair Bolsonaro

Nesta quarta-feira (10), o governo do presidente Jair Bolsonaro completa 100 dias. O Conselho de Ministros deve se reunir para discutir o andamento das metas estipuladas para o período.

Antes do levantamento oficial do governo no período, o governo havia declarado 35 metas prioritárias em diversas áreas. Veja aqui, algumas delas.

REDUÇÃO DE MINISTÉRIOS
Uma das promessas de campanha de Jair Bolsonaro foi a de reduzir o número de ministérios do governo, que chegou a 39 durante a gestão de Michel Temer. A proposta inicial era chegar aos 15 ministério, mas Bolsonaro acabou cedendo em alguns pontos e fixou a quantidade inicial de pastas em 22. Entre os ministérios que foram excluídos está o do Trabalho.

DECRETO DE POSSE DE ARMAS
Outra promessa de campanha de Bolsonaro, o decreto que reduziu exigências para se poder possuir armas de fogo foi assinado no dia 15 de janeiro. Entre as mudanças está o limite de quatro armas por pessoa, mais tempo de validade do registro e a necessidade de um cofre para armazenamento em casas com crianças. Cidadãos de áreas urbanas ou rurais poderão manter as armas em sua residência casa, desde que cumpram os requisitos de “efetiva necessidade”.

PACOTE ANTICRIME
Apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, no dia 14 de fevereiro, o pacote anticrime pretende alterar 14 leis e focar no combate à corrupção, nos crimes violentos e no crime organizado. Entre as medidas está o combate mais incisivo contra organizações criminosas, mudanças no entendimento da legítima defesa, criminalização do caixa 2 e outros. A proposta , no entanto, depende de aprovação do Congresso.

Ministro Sérgio Moro entregando o pacote anticrime para Rodrigo Maia presidente da Câmara

REFORMA DA PREVIDÊNCIA
No dia 20 de fevereiro, o presidente Jair Bolsonaro foi pessoalmente ao Congresso entregar a proposta de reforma da Previdência, uma das prioridades de seu governo. No dia 20 de março, a segunda parte da proposta também foi encaminhada, a reforma dos militares. As propostas ainda precisam ser aprovadas pelo Congresso.

ALTERAÇÃO DE COBRANÇA DA TAXA SINDICAL
No dia 1º de março, o governo publicou uma Medida Provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro determinando que o desconto sindical deveria ser realizado por meio de boleto bancário e não mais por desconto em folha salarial.

EXTINÇÃO DE 21 MIL CARGOS
No dia 13 de março, o governo publicou um decreto que extinguia 21 mil cargos comissionados da administração pública. Com a medida, o Ministério da Economia estima que será gerada uma economia de R$ 195 milhões ao ano.

Sugestão de Leitura: www.mises.org.br

DECRETO PARA NOMEAÇÃO DE FICHAS-LIMPA
No dia 18 de março, o governo publicou um decreto estabelecendo que nomeações feitas em cargos públicos do Poder Executivo iriam levar em conta o critério da Lei da Ficha Limpa. A determinação vale somente para cargos de confiança e faz parte do planejado para os 100 primeiros dias de governo.

SUSPENSÃO DE VISTOS PARA ESTRANGEIROS
No dia 18 de março, o governo decidiu liberar turistas dos Estados Unidos, Japão, Canadá e Austrália da necessidade de possuir um visto de entrada para virem ao Brasil. A medida foi uma decisão unilateral e começará a valer no dia 17 de junho.

Donald Trump e Jair Bolsonaro em encontro nos EUA

LIBERAÇÃO DA BASE DE ALCÂNTARA
Ainda nos Estados Unidos, Bolsonaro liberou a base militar de Alcântara, no Maranhão, para que os Estados Unidos liberem foguetes e satélites. O acordo unilateral foi assinado no dia 18 de março.

REVISÃO DE QUESTÕES DO ENEM
No dia 20 de março, o Ministério da Educação (MEC) instalou um grupo especial para analisar os itens do banco de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A intenção é remover qualquer conteúdo que não seja pertinente ao exame.

FIM DO HORÁRIO DE VERÃO
O presidente Jair Bolsonaro decidiu acabar com o Horário de Verão brasileiro a partir de 2019. O anúncio foi feito dentro dos primeiros 100 dias de gestão, mas a medida entra em vigor em outubro, quando iniciaria o novo horário.

DEMISSÃO DE MINISTROS
Os ministros Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral do Governo, e Ricardo Vélez Rodríguez, da Educação, foram substituídos nos primeiros 100 dias de governo. As mudanças foram feitas por desavenças internas entre integrantes do núcleo presidencial.

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, foi demitido após gestão marcada por polêmicas

CRIAÇÃO DO 13º PARA O BOLSA FAMÍLIA
Durante uma transmissão ao vivo no dia 4 de abril, Bolsonaro anunciou que irá criar o décimo-terceiro salário para os beneficiários do Bolsa Família. O pagamento começa a ser feito no fim deste ano.

FIM DE 8 MIL RADARES
No dia 31 de março, o presidente decidiu cancelar a instalação de mais de 8 mil radares eletrônicos nas estradas do Brasil. Para ele, os equipamentos servem apenas para retirar dinheiro do motorista para o estado. O mandatário também avalia que melhores concessões tornam dispensáveis novos radares.

Por: Richard Corrêa

Fonte: Agência Brasil

Publicado por Blog Foco News

Richard Corrêa, jornalista e publicitário natural de Curitiba Capital do Estado do Paraná, residiu, estudou e trabalhou também em Joinville, Santa Catarina. Atualmente reside e trabalha em Rio Branco, Acre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: