VICE GOVERNADOR MAJOR ROCHA, QUER UMA CPI DO COVID-19 NO ACRE!

O vice-governador do estado do Acre, Major Rocha, quer uma CPI do Covid-19 no Acre, porque alega ter indícios robustos de irregularidades em várias obras e em contratos muito suspeitos nessa gestão do governador Gladson Camelli.

Ele fala em um vídeo enviado a redação do BLOG FOCO NEWS, da obra de ampliação do INTO, que se arrasta há quase3 meses, enquanto pacientes com COVID-19 são transferidos para outros estados ou morrem por falta de leitos de UTI.

Sobram indícios de irregularidades e falta competência para resolver o problema do caos na saúde pública. Leiam a transcrição completa do vídeo do Vice governador Major Rocha.

Transcrição do vídeo:                                                                                                                            Estão totalmente perdidos nesta pandemia e não sabem o que fazer e isso é fato!!! Por exemplo, o governador diz que é contra o lockdown, as decreta o lockdown, o governador muda toda hora os decretos, e assim faz com que as pessoas não entendam, deixando-as confusas e sem saber o que fazer e assim prejudicando o comércio.

O governador Gladson Camelli, no final de dezembro, início de janeiro desativou 20% dos leitos de UTI, em um momento que iriamos enfrentar um caos, um colapso no sistema público de saúde por conta da segunda onda do vírus, das alegações e de outros tantos fatos.

Sites de notícias informando os mandos e desmandos do governador Gladson Cameli, cofirmando a informação do vice governador Major Rocha

Mas eu quero trazer mais uma situação que considero muito grave, no dia 27 de fevereiro o governador Gladson chamou a impressa através da agência de notícias e também divulgadas em outros portais (como mostram as fotos dos documentos que o BLOG FOCO NEWS teve acesso), para anunciar que iria ampliar os leitos do INTO que funcionariam na sede do BOPE.

Documentos que mostram a veracidade das informações do Major Rocha na transcrição do vídeo.

O fato é, que no dia 27 de fevereiro, no dia desse anuncio do governador, não existia sequer o processo administrativo para escolher a empresa. Vejas as fotos. No local, já tinha uma empresa trabalhando, que é era a empresa CONSTRULAGOS, depois vou falar dela.

O fato é que essa empresa CONSTRULAGOS já estava trabalhando sem sequer ter um processo administrativo, sem um contrato. Isso pode governador Gladson Camelli? Mas vamos mais…

Funcionários da empresa Construlagos trabalhando na reforma de ampliação de leitos para atender pacientes do covid-19
Operário da empresa Construlagos

Esse processo administrativo de fato só aconteceu, no dia 16 de março, conforme a ata do início do processo administrativo (veja as fotos dos documentos que o BLOG FOCO NEWS teve acesso) e a empresa que ganhou não foi a CONSTRULAGO, mas foi a S.M. GADELHA LTDA, como está na placa colocada em frente ao INTO, antigo BOPE. (Veja as fotos)

Ata da reunião, comprovando a data.
Placa em frente ao INTO. Comprovando que é a empresa S. M GADELHA LTDA que ganhou a obra

É uma situação muito estranha nesse processo que teve muito tempo, do dia 27 de fevereiro até o dia 16 de março, foi através de DISPENSA DE LICITAÇÃO, onde de forma nebulosa o governador Gladson escolhe quem ele quer, quando ele teria tempo para fazer uma licitação. Veja as fotos dos documentos que o BLOG FOCO NEWS teve acesso.

Documento que prova a dispensa de licitação

Vamos mais, a empresa que ganhou com a dispensa de licitação, iniciou os trabalhos no dia 05 de abril, muito tempo depois do anuncio do governador. Então quero saber do governador Gladson Camelli, quero que ele me responda, porque esse carnaval todo para anunciar uma obra que não tinha sido contratada e que de fato só aconteceu meses depois, pra ser mais exato 3 meses depois, é normal isso governador? É normal a escolha de uma empresa que começa uma obra que não tinha um contrato e depois passa para outra empresa?

Inicio da obra

Quero falar um pouco dessa empresa CONSTRULAGOS, é uma empresa do estado do Amazonas, como muitas empresas que estão ganhando dinheiro no Acre e esse dinheiro não fica no Acre, esse dinheiro vai todo embora para o Amazonas, ou seja, isso afeta diretamente o comércio e empregos aqui.

Dados da empresa Construlagos

E essa CONSTRULAGOS, uns dias antes, havia abocanhado um contrato de quase 31 milhões de reais, para fazer manutenções e pequenas reformas, também de uma forma muito suspeita. Veja as fotos dos documentos que o BLOG FOCO NEWS teve acesso.

Contrato do governo do Acre com a empresa de Manaus, Construlagos, no valor de quase 31 milhões de reais

O que está acontecendo na gestão do nosso estado é muito suspeita e precisam ser esclarecidas, eu vou fazer a minha parte, eu vou representar junto aos ministérios públicos estadual e federal e aos tribunais de contas para que eles possam averiguar mais esse indício de irregularidades.

Essa foi a transcrição do vídeo que o vice governador Major Rocha enviou para a redação do BLOG FOCO NEWS.

Realmente o governador Gladson Camelli está tonto nessa pandemia ou está muito mal assessorado, está desorientado nas decisões tomadas diante do caos criado por ele mesmo já que faz DECRETO e revoga DECRETOS, desativa leitos e depois reclama da lotação dos leitos, vai entender??

Pergunta que devemos fazer diante do vídeo do vice Governador Major Rocha, no Acre não tem empresas qualificadas para fazer estes trabalhos?

Porque empresa de Manaus?  E como consequência, mandando milhões de reais embora do Acre, matando o comércio e empregos da população do Acre!!!

Com a palavra para nos informar se podemos ver o Acre sendo passado a limpo, os parlamentares acreanos, depois deste vídeo do Major e seu pedido de uma CPI.

Só lembrando os senhores parlamentares, que os senhores foram eleitos para defender os interesses do povo acreano, portanto vocês têm agora uma grande oportunidade de agirem em favor do povo.

Por: Nesio Carvalho

Transcrição, edição e revisão de texto: Richard Corrêa

Imagens e fotos documentos: Richard Corrêa

Publicado por Blog Foco News

Richard Corrêa, jornalista e publicitário natural de Curitiba Capital do Estado do Paraná, residiu, estudou e trabalhou também em Joinville, Santa Catarina. Atualmente reside e trabalha em Rio Branco, Acre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: